Na noite de quarta-feira (15), mulher de 44 anos foi agredida pela filha, de 21 anos, após se negar a fazer comida para a jovem. Ela procurou a polícia e denunciou o caso, solicitando medida protetiva.

Conforme o registro, a mãe estava em casa quando a jovem chegou e disse que ela não poderia ficar sozinha. Em seguida ordenou que a mãe fosse cozinhar, mas a mulher se negou, momento em que a filha começou as agressões.

A vítima foi agredida com socos no olho e na cabeça e também teve o cabelo puxado pela jovem. Além disso, a filha só parou de agredir a mulher após ela ter um sangramento no supercílio.

Com isso, a mãe procurou a Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) e registrou o boletim de ocorrência por lesão corporal dolosa, qualificada pela violência doméstica. A vítima ainda pediu medida protetiva contra a filha.