Desacatada por mulher de diretor de hospital, conselheira aciona a polícia

Autora a chamou para uma ocorrência
| 14/04/2017
- 13:23
Desacatada por mulher de diretor de hospital, conselheira aciona a polícia

Autora a chamou para uma ocorrência

Na madrugada desta sexta-feira (14), uma conselheira tutelar de 30 anos procurou a polícia para denunciar uma mulher, que se apresentou como esposa do diretor de um hospital em Dourados, cidade a 225 quilômetros da Capital. Ela disse ter sido desacatada e ofendida pela suspeita.

Conforme o boletim de ocorrência, a conselheira foi chamada para ir até um bar da cidade, onde a mulher que se intitulou esposa do diretor do hospital estava. A autora fez a denúncia, informando que um casal estava no bar com uma criança de um ano e dois meses, em situação de risco.

A vítima chegou ao local aproximadamente 15 minutos depois da chamada. Ela ainda contou que o motorista procurava lugar para estacionar o veículo adaptado, já que a vítima tem uma deficiência física e utiliza cadeira de rodas. Quando ela conseguiu descer do veículo, a mulher se aproximou e passou a ofendê-la.

De acordo com o registro, a mulher teria dito “O Conselho Tutelar não serve para nada, vocês só sabem dormir, meu esposo é diretor do hospital, as crianças chegam lá abusadas por causa de situações daquela forma que estava acontecendo ali, vocês estão aqui para proteger e não fazem nada”. Ela ainda teria usado palavras de baixo calão.

A conselheira foi até o casal, conversou e os pais foram embora com a criança. A suspeita foi embora em seguida e a vítima procurou a polícia para fazer a denúncia, que foi registrada como .

Veja também

Silo está sendo esvaziado para os bombeiros fazerem o resgate do corpo do funcionário

Últimas notícias