Acordo foi feito entre a polícia e aos moradores nesta quarta-feira (6)

Após uma reunião nesta quarta-feira (6), foi decidido que as 450 famílias que invadiram as casas do Residencial Dioclécio Artuzi, em Dourados, a 225 quilômetros de , vão ter até a próxima segunda-feira (11) para sair dos imóveis, sem que haja a necessidade da força policial.

De acordo com o site Dourados News, o acordo foi feito nesta quarta, na 4ª Subseção da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), em uma reunião entre representantes das famílias e o comandante da Polícia Militar. Apesar do comunicado, alguns moradores disseram que só sairão se a prefeitura conseguir uma nova moradia para eles.

Os invasores foram notificas pela Justiça no dia 27 de abril, para que deixassem os imóveis. O mandado de reintegração de posse foi expedido no dia 15 de abril e assinado pela juíza da 4ª Vara Civil Daniele Vieira Tadin.