Turquia não mudará visão sobre inclusão de Finlândia e Suécia à Otan, diz Erdogan

A Turquia acusa os países nórdicos de abrigarem suspeitos de terrorismo e armarem um grupo na Síria que, segundo Erdogan
| 01/06/2022
- 10:27
Turquia não mudará visão sobre inclusão de Finlândia e Suécia à Otan, diz Erdogan
Foto: Arquivo

A não apoiará a entrada de Finlândia e Suécia na Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) sem que os países ofereçam garantias de que vão endurecer suas posições contra grupos que o governo turco classifica como terroristas, segundo afirmou o presidente turco Recep tayip Erdogan.

A Turquia acusa os países nórdicos de abrigarem suspeitos de terrorismo e armarem um grupo na que, segundo Erdogan, é uma extensão do Partido dos Trabalhadores do Curdistão, ou PKK, que travou uma insurgência de 38 anos na Turquia. "A Otan é uma organização de segurança, não de apoio a organizações terroristas", disse o presidente.

Os EUA e a UE classificaram o PKK como um grupo terrorista. No entanto, sua ala síria, as Unidades de Proteção do Povo, ou YPG, desempenhou um papel de liderança na luta liderada pelos EUA contra o Estado Islâmico. Fonte: Associated Press.

Veja também

Os níveis de anticorpos neutralizantes aumentaram de 13,5 a 19,6 vezes mais do que a vacina atual disponível

Últimas notícias