Onda de calor na Índia causa 432 mortes nos últimos dias

Maioria dos mortos "estavam expostos ao calor enquanto trabalhavam"
| 25/05/2015
- 14:11
Onda de calor na Índia causa 432 mortes nos últimos dias

Maioria dos mortos “estavam expostos ao calor enquanto trabalhavam”

Pelo  menos 432 pessoas morreram desde quarta-feira nos estados de Telangana e Andhra Pradesh, no sudeste indiano, por causa de uma onda de calor que levou os termômetros na região até os 48 graus Celsius, disseram fontes oficiais nesta segunda-feira.

Porta-vozes dos departamentos regionais de Gestão de Desastres situaram o número de mortos em Andhra Pradesh em 246 e em Telangana em 186.

Segundo Tulsi Rani, do departamento de Gestão de Desastres de Andhra Pradesh, a maioria dos mortos eram maiores de 50 anos, advertindo que as previsões são que as altas temperaturas continuem durante os próximos três ou quatro dias.

O diretor do centro meteorológico de Hyderabad, capital compartilhada desses dois Estados, explicou ao jornal local Hindustan Times que a onda de calor que afeta a região desde a quarta-feira se deve à confluência de um “ar seco” do noroeste e uma área de pressão atmosférica relativamente baixa no leste.

Um representante do governo de Telangana, B.R. Meena, assinalou ao Indian Express que a maioria dos mortos “estavam expostos ao calor enquanto trabalhavam” e que “a desidratação e o calor causaram as mortes”.

Por sua vez, o governo de Andhra Pradesh assegurou ao mesmo jornal que os mais afetados pela onda de calor são “idosos, pessoas que fazem trabalhos por um dia, mendigos e os sem-teto”.

 

Veja também

Visita de Nancy Pelosi, presidente da Câmara dos EUA gerou tensão entre os países

Últimas notícias