A causa do , que também feriu seis pessoas, é incerta

Um incêndio em um lar para idosos na província de Henan, na China, matou 38 pessoas, de acordo com a mídia estatal china, no desastre mais recente em um país com baixos índices de segurança no trabalho.

O fogo se iniciou na noite de segunda-feira (25) em um lar privado para idosos no condado de Lushan, informou a agência oficial de notícias Xinhua nesta terça-feira, citando autoridades locais.

A causa do incêndio, que também feriu seis pessoas, é incerta, informou a Xinhua. Autoridades levaram 12 pessoas em custódia e estavam buscando outras três, segundo a agência de notícias, acrescentando que esforços de resgate estavam em andamento.

Ressaltando a gravidade do incidente, o presidente chinês, Xi Jinping, pediu às autoridades para “identificarem a causa do acidente e buscarem os culpados de acordo com a lei”.

A China possui uma história de desastres similares. Trabalhadores geralmente são pouco treinados ou pouco equipados para se protegerem de acidentes.