Janja Lula Silva, a esposa do presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT) recebeu do um selo de fake news por conta de uma publicação. Isso porque a rede social de conta com um filtro que identifica quando falsas informações são disseminadas na plataforma e Janja caiu justamente nessa barreira.

Tudo aconteceu quando ela respondeu um tweet da página de fofocas “Choquei”, sobre o fim da isenção de importação de encomendas de até US$ 50 no Brasil. “A taxação é para as empresas e não para o consumidor”, rebateu Janja.

Imediatamente, o Twitter identificou a afirmação da primeira-dama como uma fake news e emitiu o selo com o seguinte aviso:

“Isto é falso! Atualmente, empresas já pagam impostas para itens abaixo de $50 equanto consumidores estão isentos da cobrança. O Governo acusou empresas de se passarem por consumidores para evitarem taxas e pretende cobrar impostos para todos”, avisou o Twitter, elecando fontes como g1, Folha, e O Antagonista.

Nas redes sociais, internautas repercutem a situação constrangedora. Veja:

https://twitter.com/itapesiririca/status/1646264264401854464