Nesse 'canteiro de obras' que está Campo Grande, você sabe diferenciar quem é quem?

Cidade está cheia de obras e cor do chapéu dos trabalhadores pode ajudar a identificar quem queira fazer alguma reclamação ou pergunta, por exemplo.
| 28/06/2022
- 08:20
Nesse 'canteiro de obras' que está Campo Grande, você sabe diferenciar quem é quem?
Capacetes sendo usados em obras de Campo Grande. Foto: Marcos Ermínio/Jornal Midiamax

Que Campo Grande tá um canteiro de obras todo mundo sabe. Desvio daqui e dali, tem gente que fica até irritado e não sabe nem onde reclamar ou então tirar dúvidas, caso tenha vontade, principalmente na região central da cidade. Pensando nisso, você sabe dizer quem é quem em uma construção?

Para quem não sabe, é a cor do chapeuzinho que define os papéis de cada profissional. Nestes locais, onde as pessoas geralmente estão de uniformes circulando o tempo todo, manipulando máquinas, fazendo reparos, quebrando e construindo, é justamente este acessório o diferencial para facilitar a identificação no serviço.

Cor de capacete Marcos Erminio 10 - Nesse 'canteiro de obras' que está Campo Grande, você sabe diferenciar quem é quem?
Sinalizar em na região central da cidade. Foto: Marcos Ermínio/Jornal Midiamax

Enquanto os carros passam de um lado da via e os homens trabalham de outro, o Edney Jonathan, de 30 anos, por exemplo, é a pessoa que fica sinalizando e mostrando que os motoristas precisam passar de forma lenta ou então aguardarem o tempo certo de seguir pelas ruas, mesmo que o semáforo esteja sinalizando o contrário.

"Eu sou o sinalizador em uma obra, uso o chapéu laranja", mostrou Edney todo atencioso.

A reportagem do Midiamax o encontrou no cruzamento das ruas Maracaju com a Padre João Crippa, região central da cidade, justamente no momento em que ele esticava as mãos e mostrava que os carros poderiam usar apenas uma das faixas, já que um caminhão basculante descarregava cimento para outros funcionários finalizarem a nova calçada.

"Estou cuidando da sinalização e do trânsito tem 4 meses. Acho que o sinalizador tem que ter sim, faz toda a diferença. E o chapéu é quem nos identifica", argumentou. O ajudante de pedreiro, Geremias Alves de Moraes, de 53 anos, usa o acessório na cor azul, que identifica a sua função. "É bom ter para distinguir quem é quem. Sempre foi assim nas obras, a gente já sabe quem é pelo capacete", argumentou.

Cor de capacete Marcos Erminio 6 - Nesse 'canteiro de obras' que está Campo Grande, você sabe diferenciar quem é quem?
Pedreiro trabalhando em obra na rua Padre João Crippa. Foto: Marcos Ermínio/Jornal Midiamax

Técnica em segurança do trabalho, Nilma Oliveira, de 49 anos, usa o chapéu branco com um símbolo atrás. No entanto, a cor não é exclusiva da área dela e sim dos engenheiros também. Dessa forma, a confusão sempre acontece, segundo ela.

Maioria sabe que cor do capacete identifica em uma obra, diz técnica

"Trabalho há 12 anos com isso e a maioria sabe que a cor do capacete identifica cada um. Só que no meu caso a cor branca realmente confunde, ainda mais porque o símbolo da segurança do trabalho, dos encarregados e engenheiros é branco, dependendo do local, então, sempre tem alguém que para e pergunta: você é a engenheira da obra?", relembra.

Cor de capacete Marcos Erminio 38 - Nesse 'canteiro de obras' que está Campo Grande, você sabe diferenciar quem é quem?
Técnica diz que sempre responde as pessoas apontando a cor do capacete. Foto: Marcos Ermínio/Jornal Midiamax

Conforme Oliveira, a diferenciação nas cores é imprescindível no dia a dia, até para alguém que queira parar e fazer uma pergunta ou uma reclamação, por exemplo.

"A pessoa chega e quer saber de prazos, reclamar da demora ou então se a calçada dela será quebrada ali no Centro ou como será a questão da acessibilidade, por exemplo. E diante a tanta gente, é na cor do capacete que a gente consegue apontar e falar: é aquele ali, com a cor do capacete tal, que você deve falar", argumentou.

Com duas décadas de experiência como encanador, Flávio Borges, de 48 anos, diz que está há 4 trabalhando em obras para a prefeitura. "A gente recebe o equipamento, o capacete. O meu é o da cor azul e, quando chego em um local de trabalho, já vou diferenciando e sabendo quem é quem", finalizou.

Cor de capacete Marcos Erminio 17 - Nesse 'canteiro de obras' que está Campo Grande, você sabe diferenciar quem é quem?
Trabalhadores usando capacete em Campo Grande. Foto: Marcos Ermínio/Jornal Midiamax

Cor e significado dos capacetes

Amarelo - usado para servente de pedreiro e também visitantes em uma obra.

Branco - engenheiros, técnicos em segurança do trabalho (com símbolo atrás), mestre de obras e encarregados.

Cinza - estagiários e técnicos.

Verde - operários e carpinteiros.

Azul - pedreiros.

Vermelho - eletricistas (com abas total para não acumular choque) e bombeiros.

Marrom - soldadores e, em alguns casos, visitantes.

Preto - operador de máquinas e, em alguns casos, técnicos em segurança do trabalho.

Veja também

Atriz usou o termo "ovelha negra" e acabou recebendo uma patada do apresentador

Últimas notícias