Exposição sobre religiosidade indígena e intolerância termina nesta sexta em Dourados

Evento acontece na Universidade Federal da Grande Dourados
| 05/05/2022
- 09:42
Exposição sobre religiosidade indígena e intolerância termina nesta sexta em Dourados
Entre os objetos, está uma maquete de uma Casa de Reza (Foto: Divulgação)

Quem ainda não teve oportunidade de conhecer a exposição “Culturas Indígenas de MS: Religiosidade e Intolerância”, que acontece na Unidade 2 da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), tem até esta sexta-feira (6). O evento, organizado pelo NEEF (Núcleo de Estudos Estratégicos de Fronteira), é gratuito e pode ser agendado pelas escolas públicas da cidade.

A exposição foi criada para marcar o mês indígena e foi iniciada em 25 de abril, com a participação da Graciela Chamorro, da Faculdade de Ciências Humanas (FCH/UFGD), da Ñandesy Florisa e do Ñanderu Jorge (rezadores indígenas). De acordo com a organização do evento, o objetivo é reafirmar a importância da cultura indigenista em Mato Grosso do Sul e no Brasil.

Segundo informações da UFGD, durante a exposição, os podem conhecer o modo de vida, as artes, os artefatos, as vivências e a intolerância ocorridas simbolicamente e fisicamente nas aldeias de Dourados e de outras cidades da região. A exposição conta com a maquete de uma Casa de Reza, produzida pelo professor Protásio Langer.

Veja também

Últimas notícias