Com velório marcado para essa quinta, amigos se despedem de Amambai em Campo Grande

Amambai morreu na manhã desta quarta-feira (4), em Campo Grande
| 04/05/2022
- 16:11
Com velório marcado para essa quinta, amigos se despedem de Amambai em Campo Grande
Amambai e Amambaí (Foto: Divulgação)

O corpo do cantor sertanejo Amambai, que fazia dupla com Amambaí, será velado e enterrado na quinta-feira (4). Segundo informações do cantor Ado, que já teve uma banda com o artista, o velório será a partir de 8h na PAX Mundial, na Avenida Ernesto Geisel, enquanto o enterro será às 14h no Santo Amaro. Em Campo Grande, o cantor deixa saudades.

Sucesso dos anos 70, Amambai colecionou muitos fãs e colegas pode onde passou. O cantor Ado – que integrou a banda Ado, Amambai e Dino Rocha – se lembra com emoção dos anos dourados que viveu ao lado do amigo. Após o encerramento da dupla Amambai e Amambaí, o artista integrou novos projetos.

“Éramos companheiros de longas datas. Nós gravamos quatro LPs, tivemos muitos sucessos aqui no Estado. O Amambai e Amambaí e Zé Corrêa foram os primeiros que gravaram o verdadeiro chamamé em Mato Grosso, que hoje é Mato Grosso do Sul”, disse Ado ao MidiaMAIS.

A mesma falta também é sentida por Delinha, que viveu o auge da sua carreira praticamente na mesmo período que Amambai.

 “A gente foi tudo da mesma época. A convivência era pouca, porque éramos bem ocupados, mas era um ótimo cantor. Perdemos uma grande artista, mas é a vida, fica a lembrança. O nome deles foi muito bem aceito por todo mundo, todo mundo gostava demais. Meus sentimentos a família e aos colegas que estão sentindo a falta do Amambai”, diz Delinha, eterna Dama do Rasqueado.

Falecimento de Amambai

Amambai morreu na manhã desta quarta-feira (4), em Campo Grande. Amambaí, o outro integrante da dupla, faleceu em 2018. A informação foi confirmada pelo filho de Amambai ao amigo da família, Castelo, também cantor.

"É com profundo sentimento que comunicamos o falecimento do querido cantor Amambai. Nos deixou nesta manhã de 4ª feira e foi juntar-se aos companheiros de arte: Amambaí - Zé Corrêa e Dino Rocha. Que Deus em sua infinita bondade o receba no Reino da Glória", disse Castelo.

Além do Brasil, a dupla se apresentou em países como Bolívia, e Argentina, cantando chamamé, polca paraguaia e guarânia.

Veja também

Na noite de abertura da 43ª Festa Junina população lotou o Centro de Convenções

Últimas notícias