Setor de ortopedia da Santa Casa de Campo Grande volta a atender sem restrições

Depois de o setor pré-operatório da ortopedia e traumatologia da Santa Casa de Campo Grande ter deixado de receber pacientes com complicações clínicas por causa da superlotação, o setor voltou a atender sem restrições nessa terça-feira (19), conforme informou a Assessoria de Imprensa do hospital Cerca de 30 pacientes aguardavam na fila por cirurgia, por […]
| 20/08/2014
- 21:05
Setor de ortopedia da Santa Casa de Campo Grande volta a atender sem restrições

Depois de o setor pré-operatório da ortopedia e traumatologia da Santa Casa de Campo Grande ter deixado de receber pacientes com complicações clínicas por causa da superlotação, o setor voltou a atender sem restrições nessa terça-feira (19), conforme informou a Assessoria de Imprensa do hospital

Cerca de 30 pacientes aguardavam na fila por cirurgia, por isso a unidade decidiu atender somente os casos menos complexos.

No último dia 12, quando houve a decisão de suspender o atendimento a pacientes mais graves, a Santa Casa alegou que o pronto-socorro estava superlotado. Foi informado à imprensa que o número de pessoas que necessitavam de atendimento cirúrgico de urgência estava acima da capacidade técnica de resolução do hospital.

O hospital deliberou por restringir o atendimento aos pacientes ortopédicos no pronto-socorro até que os casos urgentes sejam solucionados. O Ministério Público Estadual, Secretaria Estadual de Saúde de Mato Grosso do Sul, Secretaria Municipal de Saúde Pública, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, Cera e Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia seriam notificados a respeito da situação na Santa Casa.

Últimas notícias