A governadora em exercício, Simone Tebet (PMDB), afirmou que só disputará a eleição neste ano se for candidata ao Senado. A peemedebista descarta a reeleição a vice e a qualquer outro cargo.
“A princípio ao Senado. Se o André sair candidato daí vou fazer política de outra forma, mas não serei candidata a nada”, afirmou Simone.

O governador André Puccinelli (PMDB), que está em férias, reafirmou diversas vezes que vai concluir seu mandato em 31 de dezembro de 2014, portanto, não disputará ao Senado. Apesar do seu posicionamento, o presidente regional do partido, deputado estadual Junior Mochi,  ainda não descartou a possibilidade de ter tanto André quanto Simone candidatos ao Senado.

Apesar dessa indefinição, Simone negou que possa sair, novamente, candidata à reeleição de vice. “Não sou vice mais”, pontuou.

Simone disse ainda que o partido vai discutir o candidato a vice, mas a candidatura própria com o ex-prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB), é coisa certa. “Não estamos discutindo isso (vice) ainda. Sabemos da candidatura própria e o candidato”, completou.

Visita de Temer

Sobre a visita do vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), e presidente nacional do partido, Simone disse que ele se propôs a vir a Mato Grosso do Sul. “Ele está percorrendo todos os Estados. Ele quer vir”, disse a peemedebista.

Segundo a vice-governadora, o partido aguarda o retorno de André para acertar os detalhes da vinda de Temer. Mochi adiantou que o vice-presidente deve vir dia 15 de fevereiro ou 15 de março.