Professor instala academia e estimula catadores a praticarem exercícios depois do trabalho

Para driblar o sedentarismo e as desculpas do cansaço no final do expediente, Luiz Macedo, instrutor da academia instalada dentro na UTR (Unidade de Tratamento de Resíduos), no Bairro Dom Antônio Barbosa, em Campo Grande, equipou o lugar com aproximadamente 50 aparelhos. As aulas são gratuitas e realizadas de segunda a sexta-feira. A academia é […]
| 16/08/2014
- 19:00
Professor instala academia e estimula catadores a praticarem exercícios depois do trabalho

Para driblar o sedentarismo e as desculpas do cansaço no final do expediente, Luiz Macedo, instrutor da academia instalada dentro na UTR (Unidade de Tratamento de Resíduos), no Bairro Dom Antônio Barbosa, em Campo Grande, equipou o lugar com aproximadamente 50 aparelhos. As aulas são gratuitas e realizadas de segunda a sexta-feira.

A academia é fruto do trabalho voluntário de Luiz. Formado em educação física, Luiz dava aula de ginástica laboral e desde março deste ano, quando a academia foi aberta, ele estimula os catadores de materiais recicláveis a cuidarem da saúde praticando exercícios.

“Sugeri a ideia para eles e foi aceita. Trouxe os equipamentos e agora dou instruções para eles, mas a academia também é aberta à comunidade.”, conta o professor.

O prédio onde os equipamentos foram instalados conta ainda com banheiros. Assim, o catador que preferir pode tomar banho, trocar os uniformes por roupas mais confortáveis e ir malhar.

Com uma academia dentro do local de trabalho, não tem como reclamar de falta de tempo ou dar desculpa de ‘estar  com preguiça’. “Para nós foi muito bom, eu estava muito sedentária. Em vez de chegar em casa e ficar no sofá, me movimento e as dores vão embora”, conta Gilda Macedo, de 45 anos.

A catadora trabalha na Coopermaras (Cooperativa dos Catadores de Materiais Recicláveis de Aterros Sanitários) há três anos e comemora a disposição que conquistou por meio das séries de exercícios físicos que realiza durante a semana.

Aberta das 17 às 20 horas, a academia conta hoje com aproximadamente 20 alunos. Além do espaço para exercícios físicos, os catadores da Unidade de Tratamento de Resíduos participam de projetos de alfabetização e de saúde do catador.

Veja também

Fenômeno foi constatado na galáxia Grande Nuvem de Magalhães

Últimas notícias