Segundo boletim de ocorrência gerado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), policiais militares foram acionados para irem até uma residência na noite de terça-feira (15), para atender à ocorrência de violência doméstica. Na casa, foi constatado que a vítima é casada com o homem que assassinou seu ex-marido em 2012, mas ele não estava no local.

A mulher disse que o autor das ameaças, de 32 anos, tinha ingerido bebida alcoólica e ficou agressivo. A vítima ainda afirmou que o homem a culpou pelo assassinato de seu ex-marido e disse que iria buscar uma arma de fogo para matá-la.

Os policiais fizeram rondas pela região em busca do homem, mas ele não foi encontrado. O caso foi registrado como ameaça, qualificado por violência doméstica.