Duas obras de pavimentação são lançadas em Campo Grande

Duas obras de pavimentação foram lançadas, na manhã desta quarta-feira (20), em Campo Grande (MS). Para as obras, que têm recursos do PAC 2 (Programa de Aceleração do Crescimento), serão investidos cerca de R$ 60 milhões. As ordens de serviços são referentes a quatro lotes do Complexo Mata do Jacinto e cinco lotes do Complexo […]
| 20/08/2014
- 19:18
Duas obras de pavimentação são lançadas em Campo Grande

Duas obras de pavimentação foram lançadas, na manhã desta quarta-feira (20), em Campo Grande (MS). Para as obras, que têm recursos do PAC 2 (Programa de Aceleração do Crescimento), serão investidos cerca de R$ 60 milhões.

As ordens de serviços são referentes a quatro lotes do Complexo Mata do Jacinto e cinco lotes do Complexo Atlântico Sul.

De acordo com o secretário da Seintrha (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação), Semy Ferraz, no Complexo Atlântico Sul serão 9,62 quilômetros de asfalto, 2,31 quilômetros de recapeamento e 4,61 de drenagem.

No total, serão investidos nesta obra R$ 8.351.316,15, nas etapas A (Bairro Costa Verde); B (Vila Ravena e Recanto Pantaneiro) e etapa D, nos bairros Lidia e na região adjacente a avenida Mascarenhas de Moraes.

No Complexo Mata do Jacinto, o investimento previsto é de R$ 39,4 milhões, distribuídos na etapa B (região dos Novos Estados); etapa C (Jardim Montevidéu) e etapa D, que contempla a Vila Nascente, Jardim Futurista e Copacabana. Serão 34,71 quilômetros de asfalto, 8,22 de recapeamento e 22,93 de drenagem. A obra custará R$ 50 milhões.

As autorizações das duas obras foram feitas no Espaço Multiuso João Renato Pereira Guedes, no Bairro Estrela do Sul e reuniu moradores da região, além do secretário de obras e o prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP). Semy Ferraz disse que é preciso paciência no decorrer das obras. “Todos precisam contribuir”, pontuou.

Olarte reiterou o discurso do secretário e afirmou que os recursos para essas obras não estavam previstas para este ano. “Fomos para Brasília e conseguimos viabilizar”.

As ordens de serviços fazem parte da comemoração do aniversário de 115 anos de Campo Grande.

Veja também

Fenômeno foi constatado na galáxia Grande Nuvem de Magalhães

Últimas notícias