Duzentos e dezoito recrutas foram incorporadas às unidades do Exército Brasileiro em Corumbá, na manhã de hoje (15), que por coincidência é o Dia do Soldado. A solenidade cívico-militar foi realizada na sede do 17º Batalhão de Fronteira e reuniu autoridades civis e militares, além dos familiares dos novos recrutas.

O ato, presidido pelo general-de-brigada Carlos Sardinha, comandante da 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira, foi dividido em três momentos: homenagem ao patrono do Exército, Duque de Caxias; juramento à bandeira pelos soldados incorporados e entrega de condecorações.

 Após o juramento à bandeira nacional (observe o juramento abaixo), os 157 recrutas do 17º Batalhão de Fronteira e 61 da 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira desfilaram, em continência aos superiores militares. De acordo com o site Diarionline, a solenidade também agraciou autoridades militares com a Medalha do Pacificador e a Medalha Sargento Max Wolf Filho.

A primeira transformou-se em honraria em 1955 e é conferida a militares e civis brasileiros e estrangeiros que tivessem prestado serviços ao Exército elevando o prestígio da instituição ou desenvolvendo as relações de amizade entre o Exército brasileiro e outras nações. Já a segunda é destinada a premiar os subtenentes e sargentos do Exército Brasileiro no serviço ativo ou na inatividade que tenham se destacado na dedicação à profissão e pelo interesse no seu aprimoramento.

Ao todo, receberam as honrarias, vinte e quatro militares. Juramento de incorporação ao Exército Brasileiro “Incorporando-me ao Exército Brasileiro, prometo cumprir rigorosamente as ordens das autoridades a que estiver subordinado, respeitar os superiores hierárquicos, tratar com afeição os irmãos de armas e com bondade os subordinados e dedicar-me inteiramente ao serviço da pátria, cuja honra, integridade e instituições defenderei com o sacrifício da própria vida”.