A Denar (Delegacia Especializadas de Repressão ao Narcotráfico) apresentou na manhã desta sexta-feira (19) na sede do Garras (Grupo Armado de Repressão a Assaltos, Roubos e Sequestros) Josadake de Souza, de 22 anos, acusado de cometer abigeato, ou seja, furtar gado, na região de Bandeirantes.
Segundo a polícia, investigadores foram até um terreno em uma estrada vicinal que liga Ribas do Rio Pardo até Três Lagoas na noite desta quinta-feira (18) atrás de uma denúncia de que homens estariam negociando drogas no local. Em seguida, Anderson Fortunato da Silva, de 27 anos, chegou ao terreno e foi surpreendido pelos policiais. Ele mostrou um esconderijo com 615 quilos de maconha e foi preso. Ele e a droga estão na Denar.
No caminho de volta, os policiais flagraram Josadake em uma caminhonete com placas HRT 4812, de Campo Grande. Ao ser abordado, o rapaz saiu da caminhonete com uma espingarda calibre 22 e trocou tiros com os policiais, que o atingiram no ombro.
Ele confessou que furtava o gado e o matava na própria fazenda, retirando a carne e trazendo o produto para um mercado na região do Jardim Noroeste, em Campo Grande. Ele disse que era contratado pelo dono do mercado e ganhava R$ 50 por dia pelo serviço.