Bonito reclama de abandono da Agesul

Pelo fato da Agesul (Agência de Empreendimentos de Mato Grosso do Sul) não ter sede na cidade turística de Bonito e com isso, ser difícil a recuperação de pontes e estradas, a Câmara Municipal do município fez moção de repúdio à chefia da Agência durante sessão do dia 25 de fevereiro no plenário Tetê Faria […]
| 05/03/2010
- 19:11
Bonito reclama de abandono da Agesul

Pelo fato da Agesul (Agência de Empreendimentos de Mato Grosso do Sul) não ter sede na cidade turística de Bonito e com isso, ser difícil a recuperação de pontes e estradas, a Câmara Municipal do município fez moção de repúdio à chefia da Agência durante sessão do dia 25 de fevereiro no plenário Tetê Faria contra as más condições das estradas de Bonito, cidade turística a 278 de Campo Grande.

As únicas cidades que têm funcionários e máquinas da Agesul naquela região são Miranda e Jardim. Diante das destruições pós chuvas nos meses de janeiro e fevereiro, as máquinas estão nessas localidades e não chegam até Bonito.

Segundo o documento assinado pelo vereador Josmail Rodrigues e apresentado à Mesa Diretora, há um descontentamento entre a população da cidade [18 mil habitantes] pela ‘desatenção com relação a recuperação das rodovias e pontes que são acesso e de responsabilidades dos órgãos públicos [da Agesul]’.

“Ressaltamos que as péssimas condições de tráfego das referidas estradas têm ocasionado sérios riscos de acidentes e prejuízos aos seus usuários, onde têm prejudicando o escoamento da safra agrícola, bem como o trânsito de turistas em nossa região”.

O Midiamax busca contato com a Agesul.

Veja também

Fenômeno foi constatado na galáxia Grande Nuvem de Magalhães

Últimas notícias