O jogador Giuliano Toesca Scoculi, de 17 anos, chegou a final do prêmio de melhor jogador de Free Fire em 2023, após votação popular, no Prêmio e-Sports Brasil. Giuh.87 compete no FFWS (Free Fire World Series), em Bangkok, na Tailândia, que acontece desde o dia 10 de novembro.

Os finalistas são escolhidos por votação popular e também por júri técnico. Giuh compete com os jogadores Cauan Silva e Yago Vinícius. Inclusive, Yago faz parte da mesma equipe que o sul-mato-grossense, a ‘Magic Squad’.

Agora, os campeões de todas as categorias serão anunciados em cerimônia no dia 14 de dezembro. A escolha dos grandes campeões será feita pelo júri escolhido pela organização. Ao Jornal Midimax, o jogador afirmou estar surpreso com a classificação, já que concorria com diversos ‘craques’.

Campeonato Mundial

Além de finalista na premiação, Giuh está na final Campeonato Mundial do Battle Royale da Garena com a Magic Squad. A equipe conseguiu a classificação com a 4ª colocação, com 303 pontos. Na próxima fase, chamada ‘Corrida pelo Bônus’, será disputada em 24 e 25 de novembro.

Experiência em mundiais de Free Fire

O jogador campo-grandense de Free Fire, que desde 2021 mora em Campinas (SP) com a família, vai com experiência para a edição desde ano, já que também participou do mundial no ano passado.

“Acho que o meu primeiro mundial foi muito importante para meu amadurecimento como jogador. Aprendemos muita coisa importante. Agora conhecemos o melhor estilo de jogo para competição internacional. Esse ano estamos muito confiantes que esse título vai voltar ao Brasil”, revela Giuh, que terminou 4ª colocação do mundial com a equipe no ano passado.