O Estado possui 85 mil MEI’s, 65% deles estão em Campo Grande. 

                

Acontece até sexta-feira (6) a Semana do Microempreendedor Individual (MEI) promovida pelo Sebrae na Praça Ary Coelho das 8h às 17h em Campo Grande. O evento gratuito que está na sua oitava edição, acontece em todas as Capitais do país e tem como foco a orientação empresarial para MEI’s e Pontenciais MEI’s. Mas afinal, o que é mesmo o MEI? É a pessoa que trabalha por conta própria e que se legaliza como pequeno empresário. Lembrando que para ser um microempreendedor individual, é necessário faturar no máximo até R$ 60 mil por ano e não ter participação em outra empresa como sócio ou titular.

A ação oferece a formalização, legislação, orientação empresarial, assistência para fazer Declaração Anual além de atividades como oficinas e palestras ministradas por técnicos do Sebrae em Mato Grosso do Sul . “Nossa meta é atender no mínimo 900 pessoas durante o evento e 1.700 no total em todo o Mato Grosso do Sul. Hoje, que é o primeiro dia, até o início da tarde atendemos 500. Mato Grosso do Sul possui 85.570 MEI’s e 65% deles estão em Campo Grande, dessa forma é muito importante orientar o empreendedor que em sua maioria é a dona do salão de beleza perto de casa, o pipoqueiro, a vendedora de bolsa e sapatos, enfim, vamos regulamentar a situação deles”, contou a coordenadora do evento e técnica do Sebrae, Karina Longo. Quem possui o MEI conta com todos os benefícios do INSS e também paga menos tributo, tem menor custo com funcionários, possui segurança jurídica e conta com serviços gratuitos prestados por uma rede de empresas. “ O perfil geral do microempreendedor aqui no Estado é de gente com baixa escolaridade e numa faixa etária mais madura, poucos são jovens”, acrescentou Karina.

José Carvalho de Moura, 58, vendedor ambulante, ouviu falar no assunto há pouco tempo e pela primeira vez buscou maiores informações para saber as vantagens e entrar para o time. “ Vim aqui para saber certinho como funciona e abrir o meu MEI. Me interesso pois me dá mais segurança com o meu trabalho e também é sempre bom ver eventos gratuitos que oferecem a possibilidade de crescimento. Só vejo vantagens, em tempos de crise é melhor se reciclar” afirmou.

               Em cenário de crise, evento na Praça oferece serviços e oportunidades a microempresários

E por falar nela, a palavra mais citada no país atualmente quando falamos em economia, a ‘crise’ atual é vista de um ângulo positivo pelos organizadores. “No momento de dificuldade o empreendedor tende a investir por necessidade, e não por oportunidade. Dessa forma faz tudo com pressa e sem muita orientação, nosso papel aqui é apresentar o melhor caminho para que a sua empreitada de certo”, comentou a coordenadora do evento.

Entre os parceiros da Semana do MEI, o Senac mantêm um quiosque que oferece cortes de cabelo de graça para a população.

As inscrições para palestras e oficinas serão realizadas na hora e as vagas são limitadas. Para garantir sua vaga, chegue com antecedência ao local do evento.

                   Em cenário de crise, evento na Praça oferece serviços e oportunidades a microempresários