Campo Grande bateu o recorde de calor de 2023 ao atingir 38,1°C neste domingo (22). É oficialmente o dia mais quente do ano, superando a marca de 37,8°C atingido no último dia 18 de outubro, segundo dados do Cemtec/MS (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima).

O domingo também foi marcado pelo calor em sete cidades de , onde a temperatura máxima passou dos 40°C. Mais uma vez Porto Murtinho desponta como a cidade mais quente do Estado, com 41,1°C, seguido Nhumirim (Pantanal) com 41,4°C.

Além disso, , , Miranda, Coxim e Pedro Gomes ficaram com temperatura máxima na casa dos 40°C neste domingo (22). Em Água Clara o calor chegou aos 39°C e em , Camapuã e Sonora a máxima ficou na casa dos 38°C, assim como Campo Grande.

Aliado ao calorão, todo o Mato Grosso do Sul atingiu níveis baixos de umidade relativa do ar neste domingo (22), com dados entre 20% e 30%. Os dados são das estações meteorológicas do (Instituto Nacional de Meteorologia).

Segunda onda de calor do ano

Mato Grosso do Sul vive a segunda onda de calor do ano. O alerta do Inmet de grande perigo vigora desde o dia 20 e a previsão é de terminar às 18h de segunda-feira (23). Esse alerta foi renovado durante a semana, já que a princípio terminaria no dia 21.

O alerta para a onda de calor atinge toda a região norte do Mato Grosso do Sul. No início da semana passada, Porto Murtinho atingiu o maior recorde do Estado ar marcar 43,3°C.

Saiba Mais