Na última segunda-feira (30), um incêndio destruiu uma residência na Rua Itapeva, no Itália, em Campo Grande. O sonho da família virou cinzas em minutos, com a suspeita de ter começado em um celular carregando na sala. Agora, os moradores pedem doações para recomeçar do zero.

Júlio Matos Vasquez, de 24 anos, conta que, junto ao pai e à mãe, precisaram dormir na casa de familiares desde o incidente. Abalado, ele relembra que tentou apagar as chamas usando uma bomba de água, entretanto, o fogo alto se alastrava destruindo tudo. Foram cerca de 20 minutos até a chegada do Corpo de Bombeiros. Sem ter o que fazer, ele teve que assistir o lar em chamas.

“[No dia] estávamos almoçando, eu trabalho pertinho da minha casa, meu pai mexe com e minha mãe é aposentada. Eles iam para uma chácara em e eu sai para trabalhar. Por volta das 13h30, os vizinhos ligaram e avisaram que estava pegando fogo. Voltei rápido, mas quando cheguei em casa já estava sendo consumido de uma forma que não dava para controlar. Tinha cachorros, mas estavam em uma área que o fogo não chegava”, lamenta.

incendio
Família perdeu tudo no incêndio (Arquivo pessoal)

As chamas destruíram todos os móveis, quartos, banheiro, sala e cozinha da casa em que moravam há 16 anos. A família acredita que um celular que estava carregando na sala tenha sido a causa do incêndio. O aparelho carregava na sala, onde o fogo pode ter começado.

“É triste para caramba. Perdemos tudo. Fiz uma vaquinha para tentar reconstruir, comprar móveis… Nesse primeiro momento, alugar uma casa para morar”, disse.

Quem quiser ajudar pode fazer doações de qualquer valor pelo Pix juliomatosvasquez@gmail.com ou pelo link da vaquinha. Julio também está disponível pelo telefone (67) 99219-5609.