Campo Grande é a 15ª capital em quantidade de antenas 5G de 3,5 GHz no País. A Cidade Morena tem apenas 1,77 antena para cada 10 mil habitantes, de acordo com levantamento feito pelo site Teletime. Na pesquisa também levado em conta a renda média mensal de cada capital em salários mínimos. Campo Grande possui renda média mensal de 3,4 salários mínimos, conforme dados de 2021 do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Foi anunciado recentemente pela a (Agência Nacional de Telecomunicações) que o 5G de 3,5 GHz já está disponível em mais 432 cidades. Porém, a maioria das antenas ERBs estão localizadas em capitais maior renda como , e Porto Alegre, que possuem renda média de 5,1 salários mínimos em 2021.

Segundo o levantamento, o 5G está liberado para instalação em 2.024 cidades do País, mas, apenas 267 delas possuem antenas com a rede 5G SA, considerada a mais rápida disponível.

Já a média nacional é de 2,01 antenas a cada 10 mil habitantes. Brasília é a líder com 3,76 antenas para cada 10 mil moradores e renda média de 5,1 salários mínimos em 2021. Ainda conforme a pesquisa, a baixa quantidade de antenas afeta diretamente a qualidade da conexão 5G. De acordo com a Anatel, as antenas cobrem de 30% a 40% da área urbana das cidades onde há 5G disponível.

Ainda conforme a Anatel, 5G é o mais recente padrão tecnológico para serviços móveis. De acordo com a, com essa nova tecnologia, as comunicações terão capacidade para transmissão de altas taxas de dados e em baixa latência, com segurança e confiabilidade

Saiba Mais