Os passageiros de um ônibus foram obrigados a fazer o trajeto, logo cedo, nesta quinta-feira (16), com um ruído agudo vindo do veículo, que persistiu desde o bairro Paulo Coelho Machado até a região do bairro Jardim dos Estados.

De acordo com uma leitora do Midiamax, o problema ocorreu no carro 1.206 que fazia a linha 105 (Paulo Coelho Machado/Terminal Guaicurus) e que, ao chegar ao terminal, se torna a linha 075 (Terminal Guaicurus/Terminal General Osório). 

Ela conta que iniciou a viagem de uma hora no ônibus no bairro Paulo Coelho Machado às 6h45 e chegou ao destino na Avenida Ceará com a Rua 15 de Novembro, cerca de uma hora depois, com os ouvidos doendo devido ao barulho constante que o ônibus fazia. 

A mulher, que preferiu não se identificar, classificou o som como “barulho horrível” e demonstrou preocupação com a saúde dos motoristas que são obrigados a conviver com o ruído. 

“Penso que a empresa deveria oferecer protetor de ouvido, pois isso deve prejudicar a audição dos motoristas. Eu já trabalhei em lugares com ruídos assim e mesmo com o EPI [equipamento de proteção individual] nós ainda sofríamos”, ela se recorda.

O Midiamax solicitou uma nota ao Consórcio Guaicurus sobre o problema neste ônibus e aguarda resposta. O espaço continua aberto para manifestações.