A prevista mudança no tempo deve trazer chuva forte em Mato Grosso do Sul neste domingo (19). O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) indica tempestade em 53 cidades do Estado, com risco de alagamento e rajadas de vento a 100 km/h.

O aviso é válido das 10h desta manhã às 10h de segunda-feira (20). Pode chover de 30 a 60 milímetros por hora ou 50 a 100 milímetros ao dia, com ventos intensos entre 60 e 100 km/h, e queda de granizo. A condição favorece o risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de árvores e de alagamentos.

Estão nesse alerta: Água Clara, Amambai, Anaurilândia, Angélica, Aparecida do Taboado, Aral Moreira, Bandeirantes, Bataguassu, Brasilândia, Caarapó, Camapuã, Campo Grande, Cassilândia, Chapadão do Sul, Coronel Sapucaia, Deodápolis, Douradina, Dourados, Eldorado, Fátima do Sul, Glória de Dourados, Iguatemi, Inocência, Itaporã, Itaquiraí, Ivinhema, Japorã, Jaraguari, Jateí, Juti, Laguna Carapã, Maracaju, Mundo Novo, Naviraí, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Paraíso das Águas, Paranaíba, Paranhos, Ponta Porã, Ribas do Rio Pardo, Rio Brilhante, Santa Rita do Pardo, Selvíria, Sete Quedas, Sidrolândia, Tacuru, Taquarussu, Terenos, Três Lagoas e Vicentina.

Mudança no tempo

Após dias enfrentando a onda de calor, com temperaturas acima dos 40°C, o Estado pode marcar de chuvas e tempestades acompanhadas de raios, rajadas de vento e eventual queda de granizo, conforme o Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima).

Essas instabilidades ocorrem devido ao intenso fluxo de calor e umidade vindo da Amazônia, aliado ao avanço de uma frente fria oceânica. Além disso, a atuação de uma área de baixa pressão atmosférica sobre o Paraguai e o transporte de cavados favorecem a formação de nuvens e chuvas no Estado.