Sem energia em unidade, Dourados suspende testagem aos moradores nesta quarta-feira

Chuva nesta terça-feira (1º) causou estragos na cidade
| 02/03/2022
- 12:34
MS foi apontado pela Fiocruz como o Estado com maior crescimento de internações por Covid.

Devido aos estragos da tempestade que atingiu Dourados na madrugada nesta terça-feira (1º), os moradores vão ficar ser atendimento de testagem contra a Covid. Isso porque, segundo a Prefeitura Municipal, unidade que realiza os atendimentos está sem energia elétrica. 

Conforme a nota da Sems (Secretaria Municipal de Saúde), a rede elétrica da fiação foi prejudicada e o Centro de Testagem no Pam (Pronto Atendimento Médico), está suspenso. Confira a nota:

"A prefeitura, através da Sems (Secretaria Municipal de Saúde) informa que os atendimentos do Centro de Testagem no PAM (Pronto Atendimento Médico) estão suspensos nesta quarta-feira (2) devido à no local. A forte de ontem provocou danos na rede elétrica da região, afetando a unidade".

Estragos da chuva

Dourados, a 225 quilômetros de Campo Grande, segue enfrentando o rastro de destruição deixado pelas chuvas nesta semana. Os moradores enfrentam falta de energia desde as 16h30 e as equipes dos bombeiros, defesa civil e guarda municipal trabalham para reparar danos da chuva na cidade.

Conforme apurado pela reportagem do Jornal Midiamax, até agora a cidade tem 100 registros de quedas de árvore e oito carros danificados. No momento da queda das plantas, alguns dos veículos tinham pessoas dentro, mas ninguém se feriu gravemente.

Nesta terça-feira (1º), as linhas de comunicação dos bombeiros e da defesa civil chegaram a ficar congestionadas com as demandas dos moradores.

Os moradores do município denunciam a falta de contato e resposta da Energisa, concessionária de energia do Estado. Houve relatos de morador que tentou falar com a central por seis horas e quando conseguiu, ficou por meia hora em espera. No entanto, sem sucesso em relatar o problema para algum atendente.

Ainda segundo o apurado, algumas árvores que caíram só podem ser retiradas com a presença da Energisa, devido ao risco de fiação solta. Alguns moradores estão ‘presos’ em casa, pois fios de alta tensão caíram sobre a casa e aguardam a empresa realizar o reparo.

Veja também

Testemunhas disseram que teriam sido três aviões; FAB apura informações

Últimas notícias