Protagonista na educação, Leocádia efetivou a eleição direta para diretores em escolas de MS

Ex-secretária e ex-reitora de duas universidades em MS, professora Leocádia morreu neste domingo
| 21/02/2022
- 14:40
Ex-governador Pedro Pedrossian (em pé à esquerda)
Ex-governador Pedro Pedrossian (em pé à esquerda), Leocádia (sentada), o ex-deputado estadual e atual conselheiro do TCE, Waldir Neves (sentado) - (Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal)

A luta pelo exercício democrático começou cedo na carreira da professora Leocádia Aglaé Petri Leme, que faleceu neste domingo (21), aos 73 anos, após trágico acidente em Campo Grande. Foi Leocádia, enquanto secretária de Educação no segundo mandato de Pedro Pedrossian (1991-1994), que implementou a eleição direta pela comunidade a diretores das escolas estaduais. 

Segundo a pesquisadora da UFMS (Universidade Federal de ), Maria Dilnéia Espíndola Fernandes, a decisão foi tomada em forma de decreto, ou seja, o governo não encaminhou para aprovação dos deputados estaduais. A proposta, que não era nova, mas não havia sido efetivada, e que nos governos seguintes sofreu várias alterações, garantiu o direito de participação da população sul-mato-grossense nos rumos da educação pública estadual durante muitos anos.

[Colocar ALT]
Professor Fábio e Leocádia durante sua posse como reitor (Foto Arquivo Pessoal)

"Existe uma educação antes e depois da professora Leocádia. Ela transformava conflitos em soluções e nunca perdia uma batalha. Ela foi minha madrinha. É uma perda muito grande pessoal por tudo que ela significa pra mim e para educação por toda sua história", disse emocionado o professor Fabio Edir Dos Santos Costa, ex-reitor da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), cargo também ocupado por Leocádia entre 1994 e 2003.

A universidade, inclusive, emitiu nota lamentando a morte de Leocádia, a primeira reitora eleita da história da UEMS, e determinou a suspensão das atividades nesta segunda-feira (21). "É com profundo pesar que comunicamos o falecimento da sua ex-reitora, professora Leocádia Alaé Petry Leme. Por determinação do Magnífico Reitor da UEMS, prof. Dr. Laércio Alves de Carvalho, todas as atividades no dia de hoje (21/02) na instituição estão suspensas, além de manifestar luto oficial por 3 (três) dias. O local do sepultamento ainda não foi comunicado e será informado assim, que liberadas as informações".

Histórico na UEMS

Sempre teve uma personalidade ativa e pró-educação, sendo uma das pessoas responsáveis pela concepção da UEMS. Durante quase uma década, Leocádia desempenhou função de Reitora da UEMS, num momento muito sensível, no qual a instituição enfrentava os desdobramentos de uma iniciativa do ex-Governador, Wilson Barbosa Martins, de fechar a UEMS (1995). Leocádia teve papel decisivo e de comando para reverter tal cenário àquela época. Ela contou com o apoio maciço da comunidade universitária da UEMS nesse levante de resistência.

[Colocar ALT]
Professora Leocádia ao lado de Pedro Pedrossian (Foto: UEMS)

Leocádia sempre manteve interlocução com os reitores da UEMS que a sucederam. Era muito próxima e colega pessoal do ex-reitor, Fábio Edir dos Santos Costa. Na atual gestão do reitor Laércio Alves de Carvalho e da vice-reitora Celi Correa Neres, Leocádia foi homenageada em vida com uma indicação junto ao Conselho de Reitores das Instituições de Ensino Superior do MS (CRIE-MS). Em 21 de agosto de 2020, por meio de cerimônia virtual, a ex-reitora da UEMS recebeu a Comenda Pedro Pedrossian da (Assembleia Legislativa do MS).

Homenagens

Neto do ex-governador que confiou árduas e importantes tarefas à Leocádia, Pedro Pedro Pedrossian Neto, atual secretário de finanças de Campo Grande postou uma singela homenagem em seu Instagram. "Descanse em paz, minha amiga", disse ele junto de uma foto de Leocádia.

A ex-secretária deixa esposo e dois filhos, além de netos. Ainda não há informações sobre local e horário do velório.

Vida político-partidária

Leocádia foi uma das responsáveis pela fundação do PDT (Partido Democrático Trabalhista) em MS, e exerceu importante influência política na história sul-mato-grossense e nacional, já tendo sido candidata à deputada federal e também à suplência do Senado Federal. "A morte dela abre grande lacuna na política e na educação do nosso estado, entristecendo sobretudo os pedetistas que conviveram com ela partilhando suas ações e pensamentos finais, razão pela qual o PDT de Campo Grande, do Mato Grosso do Sul e Nacional declaram-se em luto externando condolências à família", disse o partido em nota oficial

Biografia

Leocádia foi secretária de educação estadual entre 1991 a 1994, durante o governo de Pedro Pedrossian, ela também foi a primeira reitora eleita da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) e uma das fundadoras do PDT (Partido Democrático Trabalhista). A professora também foi secretária-executiva do Consed (Conselho Nacional dos Secretários de Estado de Educação); vice-presidente do Consed; membro da Comissão de Implantação da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul; consultora da Fundação Roberto Marinho; reitora do Centro Universitário Anhanguera de Campo Grande; diretora Regional da Anhanguera Educacional para os estados de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso, e atuava desde maio de 2012 como reitora da Universidade Anhanguera-Uniderp.

leocadia 1 - Protagonista na educação, Leocádia efetivou a eleição direta para diretores em escolas de MS
Leocádia à frente de um Conselho Universitário da UEMS (Foto: UEMS)

 

 

 

 

Veja também

Em um dia de alívio no mercado financeiro, a bolsa de valores subiu mais de...

Últimas notícias