Pais 'peregrinam' em papelarias para economizar na hora de comprar material escolar em Campo Grande

Preço de mochila, por exemplo, vai de R$ 30 a R$ 499, dependendo da loja
| 18/01/2022
- 18:00
Pais 'peregrinam' em papelarias para economizar na hora de comprar material escolar em Campo Grande
Henrique Arakaki, Midiamax

A época que mais ‘pesa’ no bolso dos moradores chegou. Além dos impostos como e IPVA, os moradores que têm filhos matriculados nas escolas precisam arcar com a compra dos materiais escolares. Com mochilas que variam de R$ 30 a R$ 499 e cadernos de R$ 19 a R$ 92, a dica é pesquisar antes de comprar.

Conforme Rosangela Nantes, que foi na manhã desta terça-feira (18) dar continuidade às compras dos materiais da filha, a solução para ter uma boa economia no fim é procurar por melhores ofertas em várias lojas.

[Colocar ALT]
Foto: Henrique Arakaki

“O importante para quem quer economizar é pesquisar. Por exemplo, uma pasta, que comprei para a minha filha por R$ 3, aqui nessa papelaria está R$ 1,60. É preciso pesquisar antes de comprar”, disse à reportagem.

O movimento anima o proprietário do estabelecimento, Lucas Fernandes, que revelou ter tido um crescimento na movimentação de 80%. “O esperado é que o movimento aumente ainda mais. A maior diferença nos preços é por unidade e a lista infantil, que sai mais cara que a dos adolescentes”, comentou.

Na loja, a reportagem apurou haver mochilas de R$ 30 a itens de até R$ 499. Cadernos de 10 matérias a partir de R$ 19,25 e com personagens na capa, a partir de R$ 33,30. Os estojos também têm grande variação no preço e vão de R$ 13,90 a R$ 92.

Diego Lemoigne, proprietário de outra loja que vende materiais escolares, pontua que o aumento de casos de e covid deixaram as pessoas com receio de sair de casa e, com isso, o movimentou presencial caiu cerca de 35% desde a última semana.

Com preços variados, cadernos de 100 folhas podem ser encontrados por R$ 30; caderno de 10 matérias é vendido a partir de R$ 50 e lápis de cor, 12 cores, por R$ 15,50.

 

 

Veja também

São ofertadas 532 vagas com ingresso no segundo semestre letivo

Últimas notícias