O pedágio de R$ 14,10 para carros de passeio na ponte sobre o em Porto Morrinho, a 70 quilômetros de , deixou de ser cobrado desde o último sábado (24), de acordo com o Diário Corumbaense.

Conforme adiantado pelo Jornal Midiamax em 2021, já havia a previsão da suspensão da cobrança. Isso porque a ponte foi devolvida ao Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes). A cobrança da tarifa era para ser encerrada no dia 2 de outubro, deste ano, mas foi antecipada para o último fim de semana.

Só neste ano, de janeiro a agosto, 411.403 veículos passaram pela ponte sobre o rio . Desse total, 402.215 pagaram a tarifa do pedágio e 9.188 foram isentos do valor. O que significa que da receita bruta, R$ 20.959.850,50 foram arrecadados. Já R$ 19.146.823,43 é da receita líquida.

Nos doze meses de 2021, um total de 634.923 veículos cruzaram o pedágio. Desses, 621.409 pagaram o valor tarifário e 13.514 foram isentos. Já em relação ao valor bruto arrecadado foi de R$ 28.442.140,50. O líquido, R$ 25.981.895,35.

O prazo de concessão foi de 13 anos, nove meses e 24 dias, contados a partir da assinatura do contrato, ocorrida em 8 de dezembro de 2008.