Após 31 acidentes em 2022, Fórum aborda estratégias para transporte seguro de cargas perigosas nesta sexta-feira

O evento acontece nesta sexta-feira (27) na sala de convenções do Sicredi Afonso Pena, a partir das 19h
| 27/05/2022
- 15:24
Após 31 acidentes em 2022, Fórum aborda estratégias para transporte seguro de cargas perigosas nesta sexta-feira
Foto: Divulgação

O primeiro Fórum de Segurança Viária do estado de Mato Grosso do Sul abordará temas sobre segurança no transporte de cargas perigosas e levará informações sobre como diminuir a quantidade de acidentes com cargas perigosas nas estradas. O evento acontece nesta sexta-feira (27) na sala de convenções do Sicredi Afonso Pena, a partir das 19h. Também haverá transmissão ao vivo pelas redes sociais.

O Fórum de Segurança Viária trata tema como gestão de riscos no transporte, uso de tecnologias embarcadas, novas ferramentas, estatísticas, abordagem da saúde e integridade física dos motoristas profissionais.

O evento terá a palestra do engenheiro de produção e pós-graduado em engenharia de segurança do trabalho pela UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro). O especialista atua há 16 anos no nacional de transportes, áreas industriais, de petróleo, gás e logística.

Dados do Corpo de Bombeiros Militar, em 2019, apontam que 98 ocorrências envolvendo transporte de cargas perigosas foram registradas, a maioria inflamáveis ou com vazamentos de produtos perigosos na pista. No ano de 2021, os números saltaram para 138 acidentes viários foram contabilizados nessa categoria.

O coordenador da SSMAS (Saúde, Segurança e Meio Ambiente e Sustentabilidade) da Transportadora Kátia e consultor técnico da RodoBelo Transportes, André Luiz Ferreira, explica que diversas empresas de médio e pequeno porte ainda não estão preparadas para capacitar os colaboradores a fim de minimizar os riscos das operações nas estradas.

"Esse é o primeiro evento do gênero com o objetivo de levar informações atualizadas nesse segmento para Mato Grosso do Sul, com abrangência e impacto em todo o país. Além das questões que envolvem a gestão da tecnologia aplicada e as estratégias adotadas para reduzir riscos, precisamos olhar para a integridade física do trabalhador, a fim de adotar medidas preventivas aos acidentes", esclarece André Luiz.

O coordenador do Fórum de Segurança Viária aponta que o Fórum é uma oportunidade de promover uma reflexão e mudanças nesse cenário. "Os acidentes, muitas vezes, acontecem por falta de orientações quanto à direção segura, defensiva e econômica. Cargas exaustivas de trabalho culminam no esgotamento físico do trabalhador — o que se torna ambiente propício para causar os acidentes que envolvem o transporte de produtos perigosos", argumenta.

O evento também contará com gestores do setor de transportes e representantes dos órgãos de controle, como Ministério do Trabalho, Fiscal do Trabalho, Polícia Rodoviária Federal, Corpo de Bombeiros Militar e Legislativo. A transmissão ao vivo será realizada no Instagram da @rodobelotransportes e canal do YouTube.

Veja também

Decisão determina multa de R$ 50 mil por dia em caso de descumprimento

Últimas notícias