O Ministério da Saúde deve liberar a quarta dose de vacinas contra covid-19 para toda a população brasileira acima de 18 anos. De acordo com o Jornal O Globo, que ouviu o secretário-executivo da pasta, Daniel Pereira, a previsão é de que um anúncio oficial seja realizado ainda nesta semana.

“Observando o comportamento do vírus, estamos caminhando para termos, pelo menos, um (segundo) reforço na população acima de 18 anos”, disse o secretário a O Globo.

A informação apurada pelo jornal ganha força logo após reunião do PNI (Programa Nacional de Imunização) ocorrida na última quinta-feira (16) indicar a publicação de nota técnica nesta segunda-feira (20) ampliando a 4ª dose de vacina para pessoas com 40 anos ou mais. Até então, salvo exceções de alguns estados, como MS – apenas pessoas com 50 anos ou mais estavam aptas.

A reportagem aponta, no entanto, que as pendências para uma decisão favorável esbarram apenas na definição se todas as faixas etárias serão beneficiadas com mais uma dose de reforço aplicada no contexto do SUS (Sistema Único de Saúde) ou se parte da população deverá procurar imunização em clínicas particulares – vale lembrar que portaria do Ministério autorizou aquisição de imunizantes pela rede particular na última semana.

4ª dose da vacina ampliada

Vale lembrar que desde o último sábado (18), Mato Grosso do Sul já aplica a D4 em pessoas com 40 anos ou mais, em ampliação que antecipou decisão do PNI. De acordo com a SES (Secretaria de Estado de Saúde), cerca de 140 mil pessoas estariam aptas para a dose de reforço, cujo estoque de imunizantes estadual já seria suficiente.

Conforme o Portal Mais, da SES (Secretaria de Estado de Saúde), Mato Grosso do Sul tem 87,97% da população apta imunizada ao menos com a primeira dose contra covid, com 77,57% com esquema vacinal completo. Em Campo Grande, cerca de 91,35% tomara a primeira dose, enquanto 78,96% receberam a segunda.

Na Capital, a imunização é retomada nesta segunda-feira (20).