Apesar da Ômicron, universidades particulares em Campo Grande voltam com aulas 100% presenciais em 2022

Com vacinação aliada, instituições planejam o retorno dos acadêmicos para início do ano
| 10/12/2021
- 19:54
Apesar da Ômicron, universidades particulares em Campo Grande voltam com aulas 100% presenciais em 2022
De arquivo, Midiamax

Após quase dois anos de incertezas durante a pandemia, as universidades em Campo Grande se prepararam para o ano letivo de 2022. Apesar da variante Ômicron da Covid-19 ameaçar os continentes com casos confirmados, a vacinação contra o vírus é a maior aliada e com 74% da população totalmente vacinada, as aulas 100% presenciais é uma realidade para as universidades particulares.

Na Capital, as instituições particulares já tem data estimada para retorno presencial dos alunos para o próximo ano e garantem que tanto docentes e alunos estarão seguros com as estratégias de biossegurança contra a doença.

Com aulas previstas para terem início em 10 de fevereiro, a UCDB ( Católica Dom Bosco) detalha que tudo será presencial a partir do dia 14. “Pelo calendário letivo, as aulas têm início no dia 10 de fevereiro com as atividades no ambiente virtual de aprendizagem. Essa prática já é adotada desde 2019. O retorno presencial ao campus será em dois dias: no dia 14 de fevereiro são os calouros e no dia 15, os veteranos, com a realização da tradicional Acolhida”, disse em nota.

A Unigran explicou que retornou com as aulas presenciais assim que o programa do Governo do Estado liberou a presença de alunos nas salas de aula.

“Nesses últimos meses nossos acadêmicos e corpo docente já experimentaram aulas presenciais e a nossa avaliação é muito positiva quanto as questões de segurança e saúde da nossa comunidade e quanto ao desenvolvimento pedagógico. Por isso, 2022 continuaremos com aulas presenciais enquanto as autoridades sanitárias nos permitirem. O que percebemos é que os acadêmicos queriam voltar e apresentaram uma adaptação muito positiva”, disse em nota.

Assim como a Uniderp, que informou retornar com as atividades presenciais a partir de 2022, reforçando as medidas de biossegurança. ". A partir de 2022, o retorno das aulas presenciais de todos os cursos e de todas as atividades acadêmicas, bem como atividades administrativas, está autorizado seguindo as regras do Decreto Municipal nº 14.903/21 e do plano de biossegurança da instituição, podendo ser alterado conforme deliberação do poder público através das informações da Secretaria de Saúde", pontuou.

Pública aguarda definição

Por outro lado, as universidades públicas seguem aguardando definições para o futuro das aulas presenciais. A UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) relatou que as aulas presenciais depende de aprovação superior.

“A Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul informa que a decisão sobre o retorno das aulas presenciais depende de discussão e aprovação pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CEPE. A reunião ocorrerá na próxima semana (dia 15), onde será decidido sobre o retorno”, disse.

A reportagem procurou a UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) e aguarda reposta.

Veja também

Confira qual umidificador mais vantajoso para você amenizar o tempo seco em casa

Últimas notícias