Grupos confundem datas de vacinação em Campo Grande: Confira o calendário

Campanha iniciou no último dia 18
| 22/04/2017
- 17:22
Grupos confundem datas de vacinação em Campo Grande: Confira o calendário

Campanha iniciou no último dia 18

Vários pais e pessoas que se enquadram nos grupos de risco e irão receber a  contra a gripe fizeram confusão nas datas. A campanha teve início no último dia 18 e desde então estão sendo vacinados somente crianças de 6 meses até 2 anos e profissionais da saúde. Diversas pessoas que não se incluem nestas foram se vacinar neste sábado (22) e não conseguiram.

A autônoma de 33 anos, Mari Sousa, é um exemplo. Ela foi até o CRS Tiradentes com sua filha de 2 anos e 2 meses e saiu sem conseguir vacinar a criança. Ela disse que como sua menina não tem 3 anos poderia ser vacinada, mas foi informada que dessa idade somente a partir da próxima semana. “De qualquer forma eu vou voltar por que é muito importante”.

Priscila Pessoa, 38 anos, professora universitária, também levou seu filho e não conseguiu a vacina. O menino tem 4 anos e só poderá ser vacinado a partir da próxima semana. Seu esposo, que não quis se identificar, disse que foram levar o filho nesta data por que viu no site da Ministério da Saúde quais grupos se incluíam na campanha, mas não tem data. Dessa forma ele saiu reclamando que falta divulgação corretamente por parte do governo.

A reportagem questionou Priscila se iria se vacinar também e ela disse que por dar aula em instituição particular não sabia se poderia, mas de acordo com o calendário, independentemente de onde leciona, os professores poderão se vacinar a partir no dia 02 de maio.

Confirmando a confusão das datas, o professor Mauro Alves Chaves, 54 anos, foi até o CRS para tomar a vacina, mas recebeu a mesma notícia, de que ele se inclui no grupo que inicia a vacinação no primeiro dia útil do próximo mês. Ele saiu e disse que de fato confundiu a data, mas vai voltar em maio, por que para ele é muito válido, pelo grande contato que eles têm com muitas outras pessoas.

Dia D

Será realizado o ‘Dia D’ no próximo dia 13, onde todos os grupos poderão ser vacinados. A vacinação neste sábado acontece das 7h às 11h e das 13h às 17h nos Centros Regionais de Saúde Nova Bahia, Tiradentes, Aero Rancho, Coophavila e na Unidade Básica de Saúde (UBS) Coronel Antonino.

A partir da próxima segunda-feira (24), as 65 unidades básicas de saúde da Capital poderão aplicar a vacina nas gestantes, puérperas (mulheres com até 45 dias pós-parto), menores de 5 anos e ainda será possível os profissionais de saúde e crianças de 6 meses a dois anos de idade tomarem a dose. Já os idosos e as demais pessoas do grupo de risco, a campanha estará liberada a partir do dia 2 de maio.

Somente nos dois primeiros dias de campanha (dia 18 e 19) 3.599 pessoas já foram imunizadas, sendo 1.752 doses aplicadas em crianças e 1.847 em profissionais de saúde.

A enfermeira responsável pelo plantão no CRS do Tiradentes, que preferiu não se identificar, disse que como começou desde o dia 18 não tem previsão de filas neste sábado, mas no Dia D é bem provável que ocorra. De fato, não foi visto grande movimentação no local, somente por voltas das 9h30 que começou a chegar algumas pessoas. 

No local havia uma cartolina com escritas a mão informando as datas, estando uma na porta da sala de vacinação e outra na entrada do CRS.

Confira o calendário com datas e grupos específicos

A partir do dia 18 de abril – Profissionais de Saúde e crianças de 6 meses a 2 anos

A partir do dia 24 de abril – crianças de 6 meses a 5 anos, gestantes e puérperas (mulheres com até 45 dias pós-parto)

A partir do dia 2 de maio – profissionais de saúde, crianças de 6 meses a 5 anos, gestantes, puérperas, povos indígenas a partir de 6 meses, idoso acima de 60 anos, população e funcionários prisionais, professores e portadores de doenças crônicas não transmissíveis.

Fotos: Henrique Kawaminami/Midiamax

Veja também

Últimas notícias