80% dos focos do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da , são encontrado nas residências

A prefeitura de Campo Grande emitiu nesta quinta-feira (7) um alerta à população, reforçando a necessidade de prevenção da dengue e febre chikungunya. De acordo com a publicação, o alerta foi emitido devido a previsão de intensas chuvas durante esta estação, bem como, o aumento no índice de ocorrência das doenças nos municípios do Estado.

Para impedir a proliferação da doença na Capital, os agentes de saúde pedem que a população colabore na execução de atitudes simples, impedindo que recipientes com água parada e sem limpeza adequada fiquem expostos.

A CVV (Coordenadoria de Controle de Vetores) afirma que 80% dos focos do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, são encontrado nas residências, por isso, a necessidade da conscientização individual.

Além da prevenção por parte dos cidadãos, a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) continuará realizando visitas domiciliares e executando ações específicas em todos os locais onde focos do mosquito transmissor forem detectados.

As ações da Sesau consistem no recolhimento de lixo e entulhos domiciliares que podem ser criadouros dos insetos e conta com 60 agentes de saúde, duas máquinas retroescavadeiras e 10 (dez) caminhões caçamba.