Jovem que acordou com parte do seu intestino exposto na praia se manifesta nas redes sociais

Na mensagem, o jovem diz que ele e sua namorada foram atacados e vítimas de um latrocínio
| 02/02/2022
- 21:12
Jovem que teve parte do seu intestino exposto em uma praia distante
Jovem que teve parte do seu intestino exposto em uma praia distante - Divulgação

O caso bizarro que viralizou nas redes sociais do jovem universitário que acordou com um corte na barriga deixando parte do seu intestino visível em uma praia na cidade de Guarapari, no Espírito Santo, teve novas atualizações.

Dessa vez, a vítima do ocorrido fez um nas sobre tudo que vem enfrentando desde o último dia 16 (data do acontecido). Na mensagem, o jovem diz que ele e sua namorada foram atacados e vítimas de um latrocínio.

Confira um trecho da mensagem:

Crédito: G1
Crédito G1

 

"É óbvio que todas essas histórias são mentira -sobre envolvimento da namorada-. O que houve foi uma tentativa de latrocínio. Machucaram a menina que estava comigo e me feriram muito no rosto e me cortaram o abdômen", diz um trecho. O menino ainda criticou as piadas sobre o caso rebateu todas as versões criadas da situação: "Não aguento mais ficar vendo vocês fazendo piada da minha situação'' disse ele. O jovem continua internado, mas está bem e seu quadro é estável.

O advogado do rapaz contou que o casal estava sozinho comemorando viagem de estudos quando foi atacado e roubado. Os autores do crime ainda são desconhecidos e a Polícia Civil investiga o caso. A investigação segue em sigilo e os detalhes não foram divulgados.

Câmeras de segurança instaladas na Praia do Ermitão, onde o casal estava, registraram o momento quando eles chegam até o local e quando são socorridos. Imagens foram obtidas e serão analisadas pela Polícia Civil no Inquérito. Os vídeos das câmeras de videomonitoramento do parque municipal Morro da Pescaria, em Guarapari — onde um jovem foi encontrado com a barriga aberta — foram divulgadas pela prefeitura de Guarapari (ES).

Confira o video obtido através do portal Uol:

Depoimento da namorada

A namorada do rapaz foi ouvida nesta segunda-feira (31) e confessou que de fato, houve o uso de LSD (Ácido lisérgico, uma droga alucinógena), e após o uso ambos "apagaram". Conforme o portal O tempo, a menina afirmou que eles estavam na praia para uma “despedida”, e que em seguida tomaram banho de mar, vinho e fizeram sexo na ocasião. Ela diz que quando acordou, o rapaz estava deitado com a cabeçaem seu colo e com a barriga toda sangrando. Em seguida,  a jovem afirmou que foi até a guarita do parque e pediu ajuda a um vigilante. O homem foi ouvido pela Polícia Civil, confirmou o pedido de socorro, mas alegou que não avistou, além do casal, ninguém nas proximidades. 

Especulações

As teorias que circulam nas redes apontam que, devido ao suposto uso da droga LSD, a menina teria olhado para o namorado, e disse ter o “sonho de fazer uma cirurgia” - ela seria estudante do quinto período de medicina. Em seguida, devido ao uso de drogas, ambos teriam apagado, ou seja, dormiram. Quando acordaram, depararam-se com a cena do abdomem aberto e o intestino para fora.
Vale lembrar, porém, que no boletim de acionamento, que enviou uma viatura com os jovens ao Hospital Maternidade Anchieta, é informado que uma mulher deu entrada no local ferida com corte na mão, nas pernas e hematomas na cabeça. É acrescentado os motivos dos ferimentos: "Devido a uma briga que teve com seu namorado".

Os advogados, a família e o próprio rapaz defendem a ''versão'' de que houve ação de terceiros, pois além do rapaz, a menina também apresentava ferimentos. O caso segue aberto e continua sendo investigado, pois, ainda é muito confuso e tem muitas lacunas. Até o momento cinco pessoas foram ouvidas pela Polícia, e a expectativa é que o inquérito seja concluído até a próxima semana.

 

Veja também

Relatos nas redes sociais mostram momentos de pânico durante a troca de tiros

Últimas notícias