O governador abriu crédito suplementar de R$ 138.164.674,00 para custear a operacionalização das pastas, conforme decreto orçamentário publicado no Diário Oficial do Estado desta segunda-feira (30).

A maior parte dos recursos, o valor exato de R$ 100 milhões, vai para a (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos), para obras de , pavimentação, construção e implementação de rodovias.

Mais crédito suplementar

O restante foi para outros setores, como Saúde, Segurança e Educação. O Fundo Especial de Saúde do Estado, por exemplo, vai receber R$ 21.168.941,00 para atenção regional e adequação da rede em Dourados, Campo Grande, e Corumbá. 

Já a SED (Secretaria de Estado de Educação) fica com R$ 7 milhões para prover fortalecimento e desenvolvimento do ensino fundamental e médio. A Sejusp (Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública) recebe R$ 3.191.500,00 para ampliações de projetos, reestruturação de delegacias e outros serviços.