Confira: em MS, salários do primeiro escalão no Governo chegam até R$ 35,4 mil

Salário mais alto é o do Governador do Estado de Mato Grosso do Sul
| 22/01/2022
- 12:52
Valores dos salários estão disponíveis no Portal da Transparência.
Valores dos salários estão disponíveis no Portal da Transparência. - Foto: Reprodução.

A cúpula do poder no Governo do Estado de tem um impacto mensal estimado em R$ 1.091.576,54 aos contribuintes. Essa é a soma dos salários mensalmente pagos aos ocupantes dos postos de governador, vice-governador e dos 39 cargos de primeiro escalão — como são conhecidos os secretários de Estado, e presidentes de autarquias, entre outros.

Os dados apresentados nessa reportagem do Jornal Midiamax foram obtidos no Portal da Transparência do Governo de MS, que aponta o salário bruto do atual governador, Reinaldo Azambuja (PSDB), em R$ 35.462,27, conforme os últimos cadastros de remunerações pagas em dezembro de 2021, pagos em janeiro.

Os dados também mostram que alguns secretários possuem duas remunerações cadastradas, sendo a de Administração Superior Direta e outra como especialista em área de atuação. Dentre os integrantes do escalão, apenas um não possui remuneração já cadastrada no Portal da Transparência: Eduardo Rocha, que assumiu a Segov (Secretaria de Estado de Governo e Gestão Estratégica) em 3 de dezembro, após deixar mandato de deputado estadual, em que ganhava salário de R$ 25.322,25 sem descontos.

Impacto da Alems

Na (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul) o impacto das remunerações dos 24 deputados estaduais equivale a R$ 607.734,00 para MS. O valor pago para cada um dos parlamentares é de R$ 25.322,25 mensais, sendo que a quantia é bruta e sofre alterações com os descontos. 

Dentre os débitos dos deputados, estão descontos do INSS, imposto de renda, mensalidade da Unale (União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais) e até mesmo empréstimos.

Confira a tabela com as remunerações detalhadas:

Nome Cargo Remuneração Fixa
Reinaldo Azambuja Silva Governador  R$ 35.462,27
Murilo Zauith Vice-governador  R$ 28.369,82
Sérgio de Paula Secretário de Estado da Casa Civil  R$ 28.369,82
Eduardo Rocha Secretário de Estado de Governo e Gestão Estratégica (Segov) R$ 28.033,42
Eduardo Corrêa Riedel Secretário de Estado de Infraestrutura (Seinfra) R$ 28.369,82
Felipe Mattos de Lima Ribeiro Secretário de Estado de Fazenda (Sefaz) R$ 28.369,82
Ana Carolina Araujo Nardes  Secretária de Estado de Administração e Desburocratização (SAD) R$ 28.369,82
Maria Cecília Amendola da Motta Secretária de Estado de Educação (SED) / Especialista de Educação R$ 28.369,82 /R$ 12.885,15
Geraldo Resende Pereira Secretário de Estado de Saúde (SES)/ Especialista de Serviços de Saúde R$ 28.369,82 /R$ 13.884,45
Antonio Carlos Videira  Secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp)/ Delegado de Polícia R$ 28.369,82/R$ 34.486,24
Elisa Cléia Pinheiro Rodrigues Nobre Secretária de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast)  R$ 28.369,82
Jaime Elias Verruck Secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro) R$ 28.369,82
João César Mattogrosso Pereira Secretário de Estado de Cidadania e Cultura R$ 28.369,82
Fabíola Marquetti Sanches Rahim Procuradora-Geral do Estado R$ 32.838,08
Carlos Eduardo Girão de Arruda Controlador-Geral do Estado  R$ 14.184,91
  Deputados Estaduais R$ 25.322,25 (cada um deles)

Veja também

A audiência entre a União e governadores dos estados brasileiros terminou sem consenso

Últimas notícias