A Prefeitura de Camapuã gastou R$ 610 mil na compra de uma pá carregadeira. O executivo publicou a compra no Diário Oficial da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul) desta quinta-feira (17).

De acordo com o documento, a empresa Dimaq Compotrat Máquinas e Equipamentos será responsável pelo fornecimento do veículo.

O prefeito de Camapuã, Manoel Eugênio Nery (DEM), assinou o contrato.

Município gasta R$ 3,3 milhões em peças e serviços mecânicos

Anteriormente, a Prefeitura de Camapuã abriu licitação para contratar empresa responsável pela frota automotiva do município. O executivo prevê gastos em torno de R$ 3,3 milhões em peças e serviços.

Do mesmo modo, o município publicou a licitação no Diário Oficial da Assomasul.

A empresa contratada será responsável pela prestação de serviços de administração e gerenciamento de despesas de manutenção automotiva em geral, fornecimento de peças, componentes e acessórios, com implantação e operação de sistema informatizado.

A Prefeitura estima gastar R$ 2.370.800,00 em peças automotivas e R$ 1.111.950,00 para a realização dos serviços.

Ministério Público recomenda que Camapuã publique contratações temporárias

Anteriormente, o MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) recomendou que o prefeito de Camapuã promovesse a contratação temporária de servidores.

Segundo a recomendação, o executivo deverá realizar as contratações mediante processo seletivo simplificado.

O MPMS sugeriu que as contratações possuam ampla divulgação, como publicação em Diário Oficial, para acompanhamento do órgão.

Além disso, recomendou que a Prefeitura de Camapuã adote todas as cautelas buscando intensificar e exonerar servidores nomeados em cargo em comissão que tenham grau de parentesco com qualquer outro servidor ocupante de cargo de direção, chefia ou assessoramento na mesma pessoa jurídica.