O Cerecute (Centro Referencial de Cultura Terena) será revitalizado após 18 anos em Miranda, distante 211 quilômetros de Campo Grande, após convênio com o Governo do Estado de Mato Grosso do Sul no valor de R$ 1,5 milhão. O extrato sobre a revitalização foi publicado em edição extra do Diário Oficial da última semana.

A Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul e a Prefeitura de Miranda farão a restauração até o dia 23 de junho de 2023, segundo a publicação. Assinam pelo convênio Gustavo de Arruda Castelo e Fábio Santos Florença.

Revitalizado

O Cerecute nunca foi revitalizado desde que foi inaugurado, em 2004. O local abriga exposição e venda de artesanato indígena produzido pelas aldeias terena de Miranda. Sua localização na entrada da cidade, às margens da BR-262 o torna um dos pontos turísticos mais movimentados do município – gerando renda aos artesãos que expõem seus produtos no local.