A tabela de subsídios em Mato Grosso do Sul foi alterada através de portaria da Agehab-MS (Agência de Habitação Popular), conforme publicação nesta segunda-feira (12). Com isso, quem ganha acima de R$ 3,5 mil, não terá acesso ao benefício, mas aumentou para R$ 13 mil para quem tem renda entre R$ 1.350,00 e R$ 2,2 mil.

Para alteração da tabela de 2015, a Agência levou em consideração o aumento do valor da construção da unidade habitacional e que o valor de entrada exigido para acessar o financiamento da unidade habitacional, aumentou significativamente para as menores rendas.

A tabela ficou assim: 

O subsídio é um benefício concedido pelo Governo Federal, para complementar a capacidade de pagamento, a diferença necessária, no ato da contratação, entre o valor de venda do imóvel e o valor máximo que o proponente pode obter de financiamento no prazo máximo permitido pelo programa.

Sendo assim, os valores do subsídio de Mato Grosso do Sul variam de acordo com o subsídio federal, renda do proponente e o percentual de financiamento.

A portaria de 2015 com a tabela, era assim: