O MDB (Movimento Democrático Brasileiro) estadual definiu o nome do deputado para concorrer a vaga de 1º vice-presidente da Alems (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul). A definição ocorreu nesta segunda-feira (30).

O presidente estadual do partido, deputado Júnior Mochi, confirmou o nome de Câmara para o cargo. Questionado sobre consenso entre os parlamentares para a chapa única, Mochi afirmou que ainda faltam ajustes.

Assim, em caso de chapa única, a presidência deve ser ocupada pelo deputado (PP). Além disso, Paulo Corrêa (PSDB) articula para assumir a 1ª secretaria.

Além disso, a segunda secretaria deve ser ocupada por Pedro Kemp (PT). “Meu nome está sendo indicado. Está praticamente certo”, frisou o parlamentar anteriormente ao Jornal Midiamax.

Entretanto, alguns parlamentares vão na contramão do consenso. É o caso da deputada Mara Caseiro (PSDB) que busca assumir a presidência da Casa.

O deputado (PSDB) também garante que disputará a vaga para a 1ª secretaria. “Eu sou candidato e não abro mão para o Paulo Corrêa. Defendo a renovação”, declarou anteriormente.