O (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) abriu três inquéritos para apurar supostos desmatamentos em São Gabriel do Oeste. São aproximadamente 21 hectares suprimidos em três fazendas do município, a 149 quilômetros de .

As investigações serão realizadas pela 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de São Gabriel do Oeste. Os editais constam no DOMPMS (Diário Oficial do Ministério Público de Mato Grosso do Sul).

Assim, na Fazenda Estrela Dalva será investigada a supressão de 12 hectares de vegetação nativa em área de reserva legal de . Neste caso, o Ministério realizou fiscalização in loco e verificou que a supressão ocorreu “sem autorização da autoridade ambiental competente”.

Já na Fazenda Tibay a investigação apura o de 9,7 hectares. Então, o inquérito civil foi aberto para colher informações, depoimentos, certidões, perícias e outras diligências para posterior tomada de compromisso de ajustamento. Por fim, será investigada a supressão de 0,1 hectares da Fazenda Coxilha.

Saiba Mais