Em três dias de evento, a Caravana Sudeco recebeu mais de seis mil visitantes. Foram mais de dois mil atendimentos no stand da Sudeco (Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste) .

Vale lembrar que foi escolhido pela superintendente Rose Modesto como cenário para a primeira parada da caravana. Em , o evento contou com 18 oficinas, que envolveram a própria Sudeco, MDS, e .

O MS atendeu 104 pessoas, sendo 85 jurídicas e 19 físicas. Entre as ações, foram realizadas orientações, regularizações, parcelamentos, alterações, formalização do MEI, Sebrae Resolve e Agente de Crédito e Finanças.

Já as instituições financeiras atenderam 444 pessoas nos três dias de Caravana. Sendo que os havia representantes do Banco do Brasil, Sicredi CG, Sicredi União e Sicoob.

Enquanto 650 atendimentos foram registrados por instituições empresariais, como a FCDL e ACICG.

‘Objetivo alcançado’, diz superintendente

“Acho que foi muito importante a Caravana, ela conseguiu o objetivo que a gente tinha, que era de poder fazer com que as pessoas conhecessem mais sobre o FCO, que é o fundo de investimento para o desenvolvimento”, explicou Rose. A superintendente disse que os pequenos e médios empresários foram informados sobre o fundo e operações que as instituições financeiras poderiam realizar para o grupo.

“Mostra que realmente o projeto de trazer a Sudeco para mais próximos das pessoas funcionou e eu tenho certeza que vai gerar no espaço curto de tempo mais oportunidades para quem vive aqui”, resumiu.

Com isso, Rose acredita que o evento gerou “mais acesso para essas pequenas e médias empresas que precisam desse braço do governo federal estendido para eles também”.

Por fim, a titular adiantou que poderá receber uma segunda edição da Caravana, com expansão para o interior. “Nos motiva a já pensar nessa segunda edição para levar agora em todas as regiões do Mato Grosso do Sul”.