Vereadores de Campo Grande prestam homenagem a deputado por lei que proíbe uso de 'todx' e 'todes'

Moção foi entregue a Marcio Fernandes (MDB) por Gilmar da Cruz
| 16/02/2022
- 16:29
Marcio Fernandes recebeu Moção de Congratulação dos vereadores
Marcio Fernandes recebeu Moção de Congratulação dos vereadores - Assessoria, Divulgação

Vereadores da bancada evangélica da Câmara de Campo Grande, fizeram uma Moção ao deputado estadual Marcio Fernandes (MDB), em forma de agradecimento pelo projeto de lei sancionado, que proíbe o uso das palavras 'todes e todx' e garante o uso da norma culta no ensino de Mato Grosso do Sul.

A entrega da Moção de Congratulação aconteceu na manhã desta quarta-feira (16) e foi feita pelo (Republicanos). Sancionado pelo Governo do Estado em 29 de dezembro do ano passado, o projeto torna obrigatória a utilização da norma culta da Língua Portuguesa nos instrumentos de aprendizagem utilizados no ambiente escolar, nos documentos oficiais e na confecção de materiais didáticos, como forma de padronização do idioma oficial do país. A medida não se aplica apenas à utilização da Língua Indígena.

Segundo Gilmar da Cruz,  os vereadores ficaram felizes com  o projeto de lei. “Lá na Câmara fizemos essa moção ao deputado porque ficamos felizes com essa lei. O deputado teve um olhar importante para o ensino”, disse.

Além do representante do Republicanos, a Moção de Congratulação foi assinada pelos vereadores Clodoilson Pires (Podemos), Doutor Jamal (MDB), Professor João Rocha (PSDB), Coronel Alírio Vilassantti (PSL) e Doutor Loester (MDB).

O deputado agradece pelo documento. “Eu agradeço a todos os vereadores pelo reconhecimento e meu gabinete segue aberto para os representantes da nossa Capital”, disse.

 

Com assessoria

Veja também

São Paulo e Goiás, no entanto, já reduziram o imposto da gasolina, baixando valor nas bombas

Últimas notícias