Política

Deputados de MS têm em pauta 20 projetos de lei; maioria é sobre reajuste dos servidores públicos

Alguns projetos estão em redação final e outros em segunda discussão

Renata Volpe Publicado em 07/12/2021, às 07h27

Sessão na Alems será remota nesta terça-feira (7)
Sessão na Alems será remota nesta terça-feira (7) - Reprodução

Vinte projetos de lei estão pautados para sessão realizada na manhã desta terça-feira (7) na Alems (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul). Entre eles, estão o PPA (Plano Plurianual) e a LOA (Lei de Diretrizes Orçamentárias).

Em redação final, por terem sofrido emendas, os deputados devem analisar os projetos de lei sobre as reestruturações das carreiras dos servidores públicos e reajustes salariais. 

Projeto de Lei nº 328/2021, que estabelece as tabelas de subsídios e de vencimentos-base dos servidores públicos estaduais, integrantes do Plano de Cargos, Empregos e Carreiras da administração direta, das autarquias e das fundações do Poder Executivo do Estado, com aplicação do índice de revisão geral anual para o exercício de 2022.

Também em redação final, está o Projeto de Lei nº 329/2021, que altera e acrescenta dispositivos à Lei nº 5.258, de 27 de setembro de 2018, que organiza a carreira de Gestão de Tecnologia da Informação. E o Projeto de Lei nº 332/2021, sobre a reorganização do Plano de Cargos e Carreira dos Profissionais Técnicos da Educação Superior da Fundação Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul.

Segunda discussão

Já em segunda discussão, há oito projetos pautados. São eles:

Projeto de Lei nº 285/2021, que aprova a segunda revisão do PPA (Plano Plurianual) para o período de 2020/2023;  Projeto de Lei nº 286/2021, que estima a receita e fixa a despesa do Estado para o exercício financeiro de 2022, a LOA.

Os deputados devem votar projeto sobre a reorganização da carreira Gestão de Medidas Socioeducativas, integrada por cargos efetivos do Plano de Cargos, Empregos e Carreiras do Poder Executivo; reestrutura o quadro de pessoal de Medidas Socioeducativas da Secretaria de Justiça e Segurança Pública, e dá outras providências.

E ainda: Projeto de Lei nº 335/2021, que dispõe sobre a organização da carreira de Regulação de Serviços Públicos Concedidos, integrada por cargos efetivos do Grupo Gestão Institucional do Plano de Cargos, Empregos e Carreiras do Poder Executivo.

Além disso, passa pela segunda votação, proposta sobre o quadro de pessoal da Agepan-MS (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos).

A proposta que organiza a carreira Gestão de Planejamento e Orçamento, integrada por cargos efetivos do Grupo Gestão Governamental do Plano de Cargos, Empregos e Carreiras do Poder Executivo Estadual.

Também o projeto de Lei nº 337/2021, que fixa a remuneração dos cargos integrantes do Grupo Ocupacional Tributação, Arrecadação e Fiscalização - TAF.

Na pauta há ainda projeto de número 347/2021, da Defensoria Pública, que cria dois cargos de Defensora Pública e Defensor Público e o Projeto de Lei nº 212/2021, de Marcio Fernandes (MDB), que dispõe sobre a obrigatoriedade da utilização da norma culta da língua portuguesa.

Jornal Midiamax