TRE-MS autoriza Coronel David a deixar PSL sem por mandato em risco

O TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) autorizou a desfiliação do deputado estadual Coronel David do PSL (Partido Social Liberal), ex-partido do presidente Jair Bolsonaro. De acordo com Coronel David, a decisão foi unânime e não cabe recurso. Apoiador do presidente da República, o deputado conta que entrou com o processo na […]
| 31/03/2020
- 03:00
Coronel David. (Renata Volpe
Coronel David. (Renata Volpe, Midiamax) - Coronel David. (Renata Volpe, Midiamax)

O (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) autorizou a desfiliação do deputado estadual do PSL (Partido Social Liberal), ex-partido do presidente Jair Bolsonaro. De acordo com Coronel David, a decisão foi unânime e não cabe recurso.

Apoiador do presidente da República, o deputado conta que entrou com o processo na justiça após sofrer perseguições e até mesmo ofensas públicas, além de ser acusado de ser “muito bolsonarista”.

“Foi tudo público, nunca escondi que a situação não era confortável e busquei o que era correto e deixei para Justiça resolver”, disse. O deputado disse ao Midiamax no início do mês, que cogitava filiação em partidos como o DEM ou o MDB.

Coronel David diz que agora espera para conversar, mesmo que pelo telefone, com o presidente Jair Bolsonaro. “O momento é de apoiar o presidente nessa crise e continuar as ações pelos cidadãos e cidadãs de Mato Grosso do Sul”, finalizou.

Veja também

Partido ainda não conseguiu nomes para concorrer a deputado federal

Últimas notícias