Política

Depois de Marun, deputado federal de MS também tem celular clonado

Políticos foram vítimas do mesmo crime

Aliny Mary Dias Publicado em 19/03/2018, às 20h58

None

Políticos foram vítimas do mesmo crime

Dias depois do ministro da Secretaria de Governo da Presidência da República, Carlos Marun (MDB), revelar que teve o celular clonado, agora o deputado federal Geraldo Resende (PSDB) afirma também ter sido alvo de clonagem.

Em mensagem divulgada em grupos de WhatsApp na tarde desta segunda-feira (19), integrantes da equipe de Geraldo afirmam que o deputado teve o número de celular clonado hoje.

O golpista estaria usando o número do político para pedir empréstimos financeiros. A equipe do deputado afirma que ninguém está “solicitando socorro financeiro para qualquer pessoa por meio deste aplicativo ou contato telefônico”.

O deputado afirma, ainda, que já recorre à polícia e a operadora telefônica para medidas cabíveis.

Outro caso

Depois de Marun, deputado federal de MS também tem celular clonado

“Ele está roubando as pessoas. É um absurdo um ministro que despacha no Palácio do Planalto ter seu telefone clonado e o Estado não ter tecnologia para acabar com isso”, disparou Marun.

Jornal Midiamax