Vereador alega falta de tempo para função

O vereador Airton Saraiva (DEM) afirmou a redação do Midiamax que não vai aceitar o posto de líder do prefeito (PP). O vereador é citado pelos colegas como o mais cotado para a função, mas afirma que não foi convidado e não aceitaria.

“Não quero. Já foi ventilado meu nome para a primeira vez. Mas, não quero. Tenho outras coisas para ver na minha vida. Para ser líder tem que se dedicar direto e saber tudo o que está acontecendo. Eu não tenho este tempo”, justificou.

O vereador não cita outros nomes que poderiam assumir o cargo e pondera que a função será difícil diante da crise enfrentada pela atual gestão. “É um momento delicado. Será preciso habilidade política para resolver isso. Não é fácil. O líder tem que ter prestígio e ser bem relacionado com os vereadores. O governo precisa passar isso para o líder e nesta crise será mais difícil ainda de achar”, concluiu.

O prefeito procura um substituto para o vereador Edil Albuquerque (PMDB), que deixou a função alegando não ter perfil. Carlão (PSB), Flávio César (PTdoB) e Chiquinho Telles (PSD) também foram convidados, mas não aceitaram.

Saiba Mais