Após ensair uma coligação com o PMDB do governador André Puccinelli, o PDT agora tenta dialogar com o PSDB. O presidente regional do PSDB, deputado Reinaldo Azambuja, disse que o PDT começou a abir um diálogo com o PSDB para discutir as eleições do ano que vem.

Ele explica que irá  conversar com o presidente municipal do PDT, vereador Paulo Pedra, sobre uma possível aliança para as eleições do ano que vem. “Eu e o Pedra já conversamos por telefone. Vamos nos encontrar nesta semana para conversar”, comenta Azambuja.

O PDT que sempre foi aliado do PT nas eleições parece que não quer mais fazer essa parceira. O presidente regional da sigla, Dagoberto Nogueira, tentou ensaiar uma aliança que não agradou muito os possíveis integrantes.

Nogueira queria fazer uma aliança PDT e PMDB que foi rechaçado tanto por petistas quanto pedetistas.

O PSDB quer fazer nessas eleições cerca de 30 prefeitos, e dobrar o numero de vereadores que atualmente é de 198.

Azambuja explicou que na próxima semana o PSDB irá trabalhar com mais intensidades nos bairro de Campo Grande com o Ponto 45 e o PSDB nos bairros para explicar qual e a função dos políticos e fomentar a discussão políticas.