Dois policiais, sendo um militar e outro civil, foram presos em Corumbá, a 444 quilômetros de Campo Grande, após serem flagrados com uma carga de cabelos contrabandeada no valor de R$ 150 mil. A carga havia sido roubada de um casal. 

A prisão aconteceu na segunda-feira (17), e com os policiais estava uma pessoa com tornozeleira eletrônica. O grupo estava em um veículo Ônix, de cor vermelha. Dentro do carro, foram encontradas duas malas com os cabelos. As vítimas, que pararam viatura da PM que fazia ronda, disseram ter sido abordadas por um trio, todos portando armas, que fugiu após tomar a carga contrabandeada. 

Quando presos, o policial civil e o cabo da PM informaram estar de folga e tentavam fazer as prisões dos supostos autores do contrabando, segundo o site Diário Corumbaense. O carro apreendido pertence à sogra do cabo da PM e estava sem a placa dianteira e com a identificação traseira adulterada.

No veículo ainda havia um coldre hacker e três máscaras de pano. O casal, vítima do roubo dos cabelos, contou que ficou sob a mira de revólver e o homem que estava com os policiais teria dito: “você perdeu mané, quer levar um tiro na sua cabeça?”

Já os policiais não se identificaram ou deram voz de prisão ao casal, pegaram duas malas e saíram em alta velocidade com o terceiro homem. A carga de 50 quilos de cabelo foi avaliada em R$ 150 mil.